simple fruit
carrinho de compras
carrinho vazio
login   Login
e-mail
password
 
novo registo
esqueceu-se da sua password?
 

Dr. Fernando Póvoas

Qual é papel que a fruta deve ocupar na alimentação diária?

 Uma alimentação correcta e saudável é aquela que é variada, e assim a fruta na nova Roda dos Alimentos deve ocupar cerca 20% da alimentação diária.
Diz um velho provérbio: “Onde entra o sol, não entra o médico”. Actualmente são tantas as investigações feitas a respeito do poder curativo da fruta, que hoje posso afirmar: “ Onde se come fruta em abundância, não entram os medicamentos”.

 

As vantagens da fruta...

Fruta é sinónimo de saúde. Nenhum outro tipo de alimento tem tantas propriedades preventivas e curativas como a fruta, quase que poderia dizer que em cada peça de fruta se vê um autêntico medicamento natural.
A fruta é atractiva, apetitosa, fácil de comer e refrescante. É rica em vitaminas, fibras, sais minerais, antioxidantes, etc.
Pela sua acção diurética, facilita a eliminação das substâncias residuais e impurezas do sangue como o ácido úrico por exemplo, ou seja desintoxica o organismo.
A maior parte das frutas pelas suas fibras são laxantes, suavizam a mucosa intestinal e facilitam a evacuação. Outras como a maçã ou o marmelo, regulam o funcionamento digestivo e combatem a diarreia.
Numerosas investigações demonstram que quanto maior for o consumo de fruta menor será o risco de contrair cancro, especialmente dos órgãos digestivos, respiratórios e urinários.
Por fim, a fruta é a principal fonte antioxidante da nossa alimentação, graças a ela
podemos evitar o envelhecimento prematuro, a arteriosclerose, o cancro e outras doenças.

 

O excesso de frutas e o numero diário aconselhado...

O excesso de fruta e legumes é menos prejudicial à saúde do que o excesso comparativo de qualquer outro grupo de alimentos.
Contudo, o equilíbrio é uma das regras de ouro da alimentação saudável e por isso, no tocante a frutas, segundo a roda dos alimentos deve-se ingerir 3 a 5 porções de fruta diariamente, quantidade variável nomeadamente consoante o sexo, idade, actividade física e o excesso de peso.

 

A fruta engorda?

Esse é um dos mitos espalhados acerca da fruta, e nalguns casos uma desculpa para não a comer. O consumo abundante de fruta não só não engorda mas é também uma das melhores maneiras de perder peso.
É certo que a fruta contém açucares, e eles fornecem calorias, mas apesar disso, em igualdade de calorias, comparada com outros alimentos, a fruta:

- Produz uma maior sensação de saciedade;
- Praticamente não contém gordura,
- Exerce um efeito diurético natural que contribui para redução de peso;
- Devido à sua riqueza em vitaminas do grupo B, os seus açúcares metabolizam-se (queimam-se) facilmente e não se transformam em gordura, como acontece com os produtos de pastelaria refinada.

 

E inconvenientes da fruta existem?

Embora a fruta seja o tipo de alimento mais saudável e com o maior poder curativo de todos os que existem, algumas delas devem usar-se com precaução nos seguintes casos:
Diarreias – certas frutas são laxantes e devem-se evitar, como a uva, melão, ou as ameixas, no entanto outras são adstringentes e podem-se usar, como maçã, marmelo ou nêspera.
Diabetes – evitar as frutas muito doces como as uvas ou tâmaras.
Cáries – se houver propensão para sofrer de cárie, reduzir o consumo de cítricos.

 

A fruta crua e a fruta cozinhada ou de conserva têm o mesmo valor alimentar?

De um modo genérico a fruta crua é mais rica nutricionalmente, pois a cozedura da fruta provoca perda de algumas vitaminas e a fruta em conserva, para além das perdas vitamínicas que pode apresentar, pode muitas das vezes apresentar-se em calda de açúcar o que diminui o seu valor nutricional.

 

O que pensa de iniciativas como a da Simple Fruit, ou seja, as empresas investirem na saúde e bem-estar dos seus colaboradores através do fornecimento de fruta fresca?

 Para além de ser uma iniciativa inédita no nosso país, acarreta um sem número de benefícios nomeadamente, estimula as refeições intercalares ou seja a meio da manhã e a meio da tarde tantas vezes esquecida, levando os funcionários a sentirem menos fome nas refeições do almoço e jantar. Aumenta a ingestão de vitaminas e sais minerais essenciais ao bom desempenho do organismo melhorando as suas capacidades de concentração, raciocínio, aumentando assim o seu desempenho profissional, combate a astenia, e por último, umas das epidemias da era moderna que é a obesidade.



Siga-nos

Simple fruit

Controlo de qualidade

 

Simple fruit

Simple Fruit apoia

 

Simple fruit
Webdesign: mybrand & Desenvolvimento: graycell © 2010